quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Milton Nascimento e eu

Pena, que pena, que coisa bonita, diga
Qual a palavra que nunca foi dita, diga
Qualquer maneira de amor vale aquela / amar / à pena /
valerá

Eles partiram por outros assuntos, muitos
Mas no meu canto estarão sempre juntos, muito

Qualquer maneira que eu cante este canto
Qualquer maneira me vale cantar
Eles se amam de qualquer maneira, à vera
Eles se amam é prá vida inteira, à vera

Qualquer maneira de amor vale o canto
Qualquer maneira me vale cantar
Qualquer maneira de amor vale aquela
Qualquer maneira de amor valerá

3 comentários:

¿Doubter? disse...

<3

Paula Oliveira disse...

"Eles partiram por outros assuntos, muitos
Mas no meu canto estarão sempre juntos, muito"
Dos amores que existem pra sempre, mesmo que os amados não permaneçam sempre juntos, qualquer maneira de amor vale amar...

Mari Migliacci disse...

<3 <3
Eu choro sempre que ouço essa música!