quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Manias e Hábitos

Os meus, lógico. A porra da mania de me dedicar às coisas erradas na minha vida. Algumas mudanças de hábito programadas para 2008, algumas já em prática desde segunda-feira (oficial início para mim).

Eu tenho o péssimo hábito de escolher o que me ajuda menos, o que é menos interessante a mim e acabo ocupando meu tempo, pensamento e dedicação a coisas e pessoas que não me beneficiam de forma alguma. Eu perco meu tempo com coisas e pessoas que não perdem o tempo comigo.

2007 foi um ano bom em certos aspectos, e nos ruins, aprendi a não desperdiçar energia. Pena ter demorado para me encher o saco disso tudo. Pena ter precisado derramar por aí minha disposição e comprometimento. Pena continuar tendo que derramar, mesmo que por pouco tempo.

A partir de agora é tentar consertar as cagadas e mudar de vida, de perspectiva, de objetivo, de visão.

A vida acadêmica é para mim minha maior paixão e onde dediquei o menor esforço no último semestre. Minha cabeça estava concentrada em pouca bosta ou em bosta nenhuma. Minha vida estava direcionada à algo que não me leva a lugar algum, e mesmo com meu empenho, não me levará também a lugar algum.

Durante o semestre decidi o que quero fazer da vida. E foi na minha decisão que me perdi, de novo. Meus cérebro tava fabricando outras coisas - vazias, e perdi espaço para o nada.

Eu quero escrever, quero analisar, quero criticar (literatura). Quero escrever minhas bobagens, mais. Escrevi outras bobagens e, mediocremente, passei o segundo semestre de 2007 enrolando o que eu queria na prática.

Meu tempo foi sugado e eu fui sugada para um mundo no qual não me sinto parte, confortável, encaixada. (Graças a Deus, diga-se de passagem).

Meu ano começa com muita reflexão sobre minhas escolhas. Sobre minhas prioridades. É engraçado, até. Perdi.

Minhas resoluções de 2008 são uma reestruturação das minhas resoluções de 2007. Vou começar tudo de novo. Vou me dar a chance de fazer o que eu teorizo há tanto tempo.

Coisinhas pequenas - tô parando de fumar. Cortei mais da metade do meu vício. Fumo só para dar uma respirada durante o trabalho. Uma desculpa para dar uma respirada. De quase um maço por dia (20 cigarros, para leigos) para 4 ou 5 por dia. Às vezes menos, às vezes nenhum.

Voltarei à yoga. Acordar cedo e tentar equilibrar o que desequilibra minha auto-estima, minha saúde. Minha aula experimental é segunda que vem. Dormir também é uma nova. Chega de não descansar, de não me dar o prazer de dormir, de sonhar. Eu vou curar meu distúrbio e vou me disciplinar e dormir.

Cansei da noite de São Paulo. Sempre um pouco mais do mesmo. Cansei de umas outras coisas também, mas acho desnecessário apontá-las. Coisas que só mudam de nome, ams que no fundo são sempre as mesmas.

Quero ver outras noites, as que eu não conheço. Noites que eu imagino. Estou me retirando do cansaço e do automático. Estou tentando ir para o espontâneo e disposto.

A gente precisa mesmo se foder para chacoalhar. É incrível de ridículo.

Se alguém quiser me acompanhar, welcome. Se for para repetir, sorry.

Beijomeligadesejemboasorte

5 comentários:

daniel disse...

beijonaotenhoseunumeroboasorte.

amância disse...

Oui chérrie...2008 vai ser muito diferente..VAI TER QUE SER MUITO DIFERENTE (grrrr)..rsrsrs. Como te disse, a gente errou o ano inteiro, mas pelo menos temos a chance de concertar tudo! Respeite-se este ano...seja honesta e não se esqueça de uma coisa: se você vai fazer algo, será por que você quer fazer, por que gosta... porque depois, não adianta jogar a culpa em ninguém...foi você que escolheu fazer o que não queria.
beijoteligoporquetenhosenumeroboasortesempre

Paula Oliveira disse...

Aeeee! Arrasou!
Muitas vezes a gente acaba se dedicando a coisas que no momento parecem importantes e só depois percebemos que tava tudo errado. Mas sempre é tempo de consertar. O melhor mesmo é conseguir identificar onde está o problema, depois é só correr pro abraço...hehe quer dizer, não é tããão fácil, mas vc é A MARI, a elfa poderosa e arrasativa.
Adorei a idéia de largar o cigarritcho, tomara q consiga!

Beijomeligaemuitoboasorte!!

Rô disse...

te acompanho, hermana!
sempre!

Andréa C disse...

É sempre assim, nos perdemos em minucias sem importancia.
Boa sorte no começo do ano.
Alis.... nem sabia que vc fumava!!! Desde quando?
Beijocas