terça-feira, 25 de setembro de 2007

Aquela Insatisfação


A Revista Piauí, na edição de Setembro, lança um concurso literário com o desafio para que os leitores criem um texto que contenha a seguinte frase - O convite para virar estátua no Madame Tussauds lhe chegou em boa hora.

Ia participar, mas antes resolvi dar uma olhada no que já foi enviado à revista e classificado com 'publicável'.

Quando pensei em escrever o texto, coloquei minha esquizofrenia para funcionar. Elaborei idéias complexas envolvendo todas as minhas outras personalidades e vidas parelelas. Meus casamentos com Johnn, Kiefer, minha carreira como escritora, como crítica literária, como representante das mulheres que levam cambas, como ativista, política engajada, jornalista cultural, como mulher, enfim, uma viagem sem fim.

Desenvolvi alguns temas na cabeça e não escrevi uma linha sequer. Esses temas, todos de vidas bem sucedidas não cobinavam com meu estado de espírito e minha aversão ao narcisismo.

Hoje li alguns dos textos no site da Piauí. Não sou só eu quem está também avesso ao sucesso como única forma honrosa de ser homenageado. Não sou a única pessoa a achar grotesca a apelação e vangloriação da imagem de si mesmo.

A grande parte dos textos 'publicáveis' conta a história de insatisfeitos com o próprio destino, deslumbrados com pequenos momentos de felicidade, desesperados por um pedaço do fantástico mundo da alegria e bem-estar.

São textos que apresentam uma visão ácida da 'justeza' da realidade, irônica dos caminhos tomados, pessismista em relação ao futuro. Assim o convite ao madame Tussauds lhes chega em boa hora.

Um comentário:

Paulete Pink disse...

Uau!
Teje azedinha...hahaha

Amo!!

Bjosmeliga!